sábado, 29 de julho de 2017

Mestre - Especulador da Bovespa ?


                                                                             
                                                            Mestre Especulador

                                                                                                                                               
Fala pessoal ! Ando meio sem tempo para atualizar o blog , principalmente nas  ultimas semanas devido aos estudos massivos de mercado&Temporada de balanços que se aproxima. Neste mês vendi 700 ações da Taesa  as quais foram  compradas anteriormente por 21,50, vendi  para fazer um trade de médio prazo que pode me render ganhos de 2000 a 3000 mil reais, perdas estimadas de 1000 reais. Até o momento estou no zero a zero! Como a venda ficou abaixo de 20 mil reais no mês não preciso recolher imposto. O lucro obtido em TAESA comprei mais um lote de Itausa e o excedente comprei 15 mil reais em um trade baseado em fundamentos.  Anteriormente minha posição em Taesa se encontrava na casa das 800 ações, este valor  caiu para atuais 100 ações que vou estar repondo nos próximos meses. O valor do trade deve voltar em forma de lucro para comprar mais ações da Taesa posteriormente.


Carteira: Até o momento estou com lucro de mais de 6 mil reais no mês base, lembrando que o lucro é  líquido de aporte, este lucro se deve principalmente a alta recente da bolsa.

Quatro empresas da carteira já soltaram ótimos resultados,ademais paguei 1.900 reais de impostos na vendas dos FII feitas anteriormente , este evento reduziu a base de aporte mensal.  Minha carteira já se aproxima da casa dos 250 mil reais e a rentabilidade anual beira 18% a.a contra 6% do CDI e uns 4% da Bovespa.


Minha estratégia adiante vai ser usar uma parte fixa da carteira para giro visando turbinar a rentabilidade com trades  baseados em fundamentos, quase sempre visando vender abaixo de 20 mil reais a.m para entrar na faixa de isenção do imposto.

Lembrando que uso modelos de valuation: Posso vender empresas sobre valorizadas da carteira para comprar sub valorizadas, porém na minha estratégia tenho algumas diferenças para buy&holder ativos que fazem uso de valuation.


Estratégia do mestre.

- 40% da carteira alocada em FII
- Não vendo ações do ITAU, EGIE, Grendene, Bradesco, Grazziotin, Itausa, EZTEC ! Aqui o foco é acumular cada vez mais ações.

- Posso vender uma fração das ações da  Taesa e outras empresas que pretendo colocar na carteira adiante , mas nunca zerar .

- Em fundos imobiliários já defini meu time! Não venderei nada a não ser por perda de fundamentos ou oportunidade de arbitrar valor fora do comum.


Racional: Parte da carteira é usada para arbitrar valor , sendo que o  lucro posterior vai ser alocado nas ações para aposentadoria. A parte de FII serve para estabilizar a volatilidade da carteira reduzindo índice beta.


Na verdade faço isso já faz um bom tempo, ai vem a pergunta ( Qual motivo?) aportes já estão entrando em nível de saturação, ou seja minha carteira esta se tornando tão grande que o crescimento do patrimônio não advém mais dos aportes ,mas sim da rentabilidade mensal. Além claro de na melhor da hipóteses usar meu conhecimento de precificação para acelerar a corrida na IF.


Meu aportes são fracos : 2700 até 3000 de média mensal ! Isso significa que 1% a.m de rentabilidade se equipara ao meu poder de fogo atual, isso só tende piorar enquanto a carteira for crescendo exponencialmente.



Abraço



14 comentários:

  1. Buenas, MdD! "Lembrando que uso modelos de valuation" - quais modelos você usa? Se fez post sobre isso, só indica que dou uma olhada.
    Abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara complicado explicar isso , uma que são vários modelos e outra que modelo que uso para FII foi eu mesmo que desenvolvi.

      Modelo base: Modelo de Gordon , Fluxo de caixa descontado, Arbitragem de valor , TIR, VPL.

      Além das formulinhas matemáticas entra todo mind set de saber buscar ativos ocultos nos balanços das empresas e até mesmo trabalhar com projeção de lucro + taxa de desconto.

      Em suma nada do que uso você vai encontrar na internet, muita coisa adaptei ao meu próprio estilo de operar.






      Excluir
    2. Precifico bancos de uma modo, elétricas de outros e assim por diante.

      Quando faço um trade movimentação, desenvolvo uma tese de investimentos, geralmente passa por diversos filtros de valuation.

      Quantitativo, qualitativo etc

      Excluir
    3. Não escrevi artigo guardo a sete chaves alguns segredos KKK

      Excluir
    4. Parabéns pela dedicação e pelos estudos aprofundados sobre modelos e mercado.

      O meu sistema não tem nada de sofisticado. Vou até dar uma olhada no que seria "Modelo de Gordon", rs.

      Abraço!

      Excluir
  2. Boa mestre.
    Estou com várias fórmulas para voltar para compra de ações e abarrotar minhas contas com FIIS. A única coisa que me impede no momento é o desemprego. hahahaha


    Abraços e sucesso financeiro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala pobre sofredor: Melhora para ti! Vamos tirando leite de pedra em Pindorama.

      Excluir
  3. Mestre,
    Qual a posição na lista de espera estou?
    Ah reformulei o visual do meu blog, e já coloquei vc no meu blogroll, se puder colocar tb agradeço muito!!!
    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tio patinhas precisa ter seis meses de blog para entrar na vaga reservas. Estou sem tempo de organizar a lista de reservas do ranking.
      Final de semana dou uma olhada com calma, acredito que você esta entre os 4 primeiros.

      Abraço

      Abraço

      Excluir
  4. Grande Mestre,

    Pra quem sabe o que esta fazendo, trade de valor é algo extremamente normal e pode gerar lucros.

    Não quero estragar a surpresa de meu próximo aporte, mas digo que comprarei 3 ações: Em duas seremos sócios ... Já venho com esta vontade de comprar ações há algum tempo.

    Vou alterar a ordem dos aportes, pois antes de ações eu compraria mais 2 FIIs novos, de yield extremamente baixo ... Mas perenes: SHPH e PQDP.

    É bem provável que farei um aporte maior, usando parte do valor da venda dos imóveis, e devo talvez comprar mais 2 perenes (ainda estudarei), que são ABCP (me desanima o spread e liquidez) e talvez FCFL (ainda preciso estudar).

    Abração e sucesso, estou sempre aprendendo aqui no seu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na expectativa de saber quais as ações escolhidas , provavelmente comprou Itaú, até então minha maior posição em carteira.

      Cara se foste você só compraria FII Perene com a venda dos imóveis, FII especulativo deixaria apenas para turbinar seu rendimento.

      Lembrando que o mercado de lajes vai sofrer muito!

      Abraço

      Excluir
  5. Fala mestre.

    Tenho uma estratégia bem parecida. A diferença é que ainda a carteira tá com uns 85% de FII. A ideia agora é ir aumentando a posição de ações. Estou visualizando um risco eleitoral enorme pro ano que vem, então vou ficar na espera, quando bater o desespero no mercado vou encher a mão de ITSA e esperar.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até valor de 10 reais eu acredito ser interessante, principalmente com aquisições recente, soma-se isso os últimos balanços do Itaú.

      Excluir