segunda-feira, 24 de abril de 2017

Diversificação da carteira acionária.


  Em um dos artigos recentes do nosso amigo " Conhecimento financeiro" houve um embate de ideias sadio sobre qual percentual ideal de ações na carteira de um pequeno investidor. Antes de entrar no mérito do artigo gostaria de salientar que qualquer dado exposto aqui será fundamentado na extensa literatura do assunto.
    Neste mesmo artigo um anon argumentou que sua carteira na  Bovespa tinha pelo menos 40 empresas e que sua filosofia de investimento se enquadrava no critério  "stock picking".


- Definição de stock picking:


Uma situação em que o analista ou investidor utiliza uma formula sistemática para concluir  que determina empresa será um bom investimento e que portando será adicionado a sua carteira. A posição pode ser longa ou curta e dependerá da perspectiva do analista ou  do investidor  para o preço da ação em particular.

Resumo: Arte de escolher empresas de acordo com seus fundamentos, perceptivas e até mesmo preço.

- Definição de índice de mercado.

Os movimento de uma bolsa de valores são captados através de índices.Tais índices englobam o valor em moeda corrente de determinada carteira de ações, consideradas mais representativas no movimento total do mercado, de empresas atuantes em determinados setores da economia ou que se diferenciam devido alguma característica específica. A variação do índice espelha a tendência da bolsa - de alta ou de baixa - em um determinado momento do pregão, ou ao final dele, comparando-se com o índice do dia anterior.

Os índices de ações servem como um termômetro para o mercado, pois as ações tendem seguir um movimento em grupo, desvalorizando-se ou valorizando-se conjuntamente, principalmente nos casos onde o índice sofre variações bruscas. Os índices podem englobar as ações mais negociadas no mercado a que se referem, as de maior ou menor capitalização, de um setor específico ou mesmo aquelas que se diferenciam e algum aspecto (como por exemplo os índices de dividendos, governança corporativa ou sustentabilidade Empresarial). Eles podem se referir a um mercado específico, um grupo de mercados ou uma região (como mercados emergentes, desenvolvidos, Brics, etc).


Outra função importante dos índices é servir como referencial de rentabilidade para fundos e carteiras de ações, que podem buscar replicá-los (gestão indexada) ou superá-los (gestão ativa). Com o surgimento dos ETFS, que em sua maioria possuem gestão passiva, esta função tornou-se especialmente relevante e houve a proliferação de diferentes índices criados para serem o benchmark deste tipo de produto.

Os índices podem ser ponderados de diferentes forma, sendo a mais usual o valor de mercado das empresas que os compõem (market cap weighted indices). Há, no entanto, algumas exceções representativas, como o Ibovespa (ponderado pela negociabilidade de cada ação) e o Dow Jones (composto por uma ação de cada empresa).
Diferentes mercados possuem índices mais ou menos representativos, que podem ser calculados pelas próprias Bolsas de valores ou por empresas especializadas, como MSCI, S&P ou FTSE. Seguidamente indicam-se alguns dos principais índices mundiais:


- Diversificação de ações Finalidade.



A gestão de investimentos tem incorporada uma relação clara entre risco e retorno. O retorno esperado pelo investidor está relacionado com o risco que pretende correr. Esta atitude depende do seu perfil de risco, no caso de ser avesso ao risco irá optar por uma carteira com menor risco, logo menor retorno, se for propenso ao risco irá optar neste caso por uma carteira de maior risco, logo maior retorno.
A diminuição de risco de uma carteira pode ser conseguida pela sua diversificação, que reduz o risco único, no entanto não consegue reduzir o risco do mercado. Assim é importante saber o efeito que cada título poderá ter na carteira. Para saber qual a sua contribuição no risco de uma carteira diversificada, é necessário medir o seu risco de mercado o que implica avaliar a sua sensibilidade às variações do mercado.




- Constatações:

Foi argumentando que uma carteira com mais  ações implica em menos riscos, bem  isso é verdade até certo ponto,  há diversos estudos apresentando conclusões bastante satisfatórias. Alguns estudos chegaram a conclusão que  existe inúmeros riscos que não podem ser medidos por um mesmo modelo estatístico. Outro fator importante,  diversificação excessiva na carteira acionaria  fatalmente ira incorrer para um desempenho próximo a média do mercado.


Explico

Uma carteira possui 100 mil reais alocado em 10 ações, para efeito de diversificação  nosso investidor decide que cada ação terá o peso de 10%.

Carteira inicial

Ação 1: 10%
Ação 2: 10%
Ação 3: 10%
Ação 4: 10%
Ação 5: 10%
ETC

A finalidade da diversificação sempre foi  direcionada para nos proteger dos erros que possamos vir a cometer ao longo do tempo. Supondo que uma empresa venha quebrar nesta carteira incipiente com o passar do tempo, neste sentido pergunto quanto perderíamos em termos % de nosso patrimônio? Hora bolas a resposta é elementar 10%!


Simulação 2

Supondo que este investidor acredite veementemente que o risco  ainda esta extremamente elevado, este suposto investidor resolve obter uma  diversificação entre 20 ações , cada ação possui um peso de 5% da carteira.Reparem que agora a diversificação se tornou bem efetiva,  afinal este investidor perderia 5% em caso de quebra de uma empresa da carteira.

Simulação 3

Ainda insatisfeito este investidor decidi por diversificar  comprando 40 empresas, tendo cada um peso de  2,50% da carteira. Neste aspecto se uma empresa quebrar ele só perde 2,50% da carteira.


Agora vamos ao contras:

- Desvantagem numero 1

Se uma empresa dobrar de valor ou obter 100%  de valorização sobre valor pago o retorno será insignificante apenas  2,50% em cima da carteira total.

Diversificação excessiva tem disso você reduz seu retorno em detrimento de uma suposta  proteção.

- Desvantagem numero 2

Elevação de custo com corretagem, supondo que você aplique apenas 2 mil reais a.m .

Quanto tempo você precisaria para comprar todas ações da carteira sem incorrer em maiores elevação de custos? Respondo: 40 meses.

O leitor mais atento vai alegar:  Posso fazer duas ou mais compras dividindo este valor 1000 + 1000. Hora bolas fazendo isso você vai estar elevando seus custos com corretagens em duas vezes e diminuindo retorno total da carteira. Para piorar toda situação  você ainda precisaria de 20 meses para comprar todos ativos da carteira em um esquema de rodízio.


- Desvantagem n 3

Incoerência ao se aplicar stock picking.

Supondo que depois de todos argumentos postados anteriormente este investidor acredite que ainda valha apena ter 40 ações na carteira!
Objetivo inicial  do stock picking sempre foi  escolher  empresas promissoras ao se  descartar  porcarias que vem de brinde no índice acionário.
  Atualmente  índice Bovespa é composto de  aproximadamente 58 ações
  Atualmente  índice Smal caps é composto de  aproximadamente 63 ações

Não vou entrar no mérito que muitas ações do índice  Bovespa e do índice SMALL caps são repetidas, sendo assim podemos tirar como conclusão bastante coerente, existe uma média de  70 ou 80  empresas estudáveis fora outras empresas que não estão no índice  por critérios de liquidez etc.

O dois principais  critérios para se  escolher ações na filosofia stock picking.

- Analise: Qualitativa
Trata-se da qualidade do negocio , governança , marca, mercado de atuação etc

- Analise quantitativa:
Trata de indicadores contábeis como lucratividade, retorno, margem líquida etc


Tirando como base este filtros poderíamos tirar pelo menos  trinta empresas do índice, como sendo empresa de  baixa qualidade, adiante poderíamos tirar mais umas 10 como sendo de qualidade intermediário.


Aonde esta o pulo de gato? quanto mais empresas possuímos em nossa carteira,  maiores as chances de estarmos comprando  tranqueiras que tanto reclamamos ao estarem presentes em peso no índices de mercado,  neste sentido incorremos  em uma incoerência atordoante com a velha desculpa de estarmos diversificando nossa carteira. Não vejo saída nesta situação! Das duas as umas ou a carteira do investidor fica com empresas de qualidade duvidosa ou ele terá de diminuir bastante o numero de empresas na carteira.



- Desvantagem n 4

Quanto mais ações você possui em sua carteira, mais próximo do desempenho do índice você vai ficar. Aqui não tem erro! Se você compra todas ações do índice seu desempenho embora possa apresentar algumas variações em  relação ao índice devido entradas ou compras em momentos distintos, no geral vai estar muito próximo da média.


Se você acredita que todas empresas do índice são boas:  Então compre o índice!

Se você acredita que as empresas são ruins:  Então  não compre o índice!

Se acredita que o mercado é eficiente, acredita que longo prazo tudo vai subir, que não existe assimetria de preço . A resposta é única: Compre o  índice!


- Desvantagem n 5

Falta de tempo para ler 40 balanços de empresas.


Isso mesmo!  não basta ficar acompanhando  quadrinhos coloridos que vemos nos sites de fundamentos , existe muitos detalhes que só aprendemos lendo releases das empresas, participando das assembleias pela internet, pegando informes contábeis e  fazendo apurações de indicadores de valuation etc.

Se você acredita que vai dar conta de ler 40 relatórios por ano e mesmo assim pegar todos as nuances de cada empresa , das duas as uma! ou você  trabalha no mercado financeiro ou não faz nada da vida.

Desvantagem n 6Dificuldade para fazer o imposto de renda
Imagine o tanto de papelada e  horas gastas para declarar : Bonificações, Dividendos, JCP, vendas, Compras etc.

- Desvantagem n 7

Diversificação pouco efetiva!

Qualquer um que tenha conhecimento de alocação de ativos sabe que existe diversos riscos que podem ser mitigados com boa alocação,  um destes supostos riscos " risco de mercado."

Se você possui todos ovos no mercado brasileiro de ações, com toda certeza seria mais efetivo fazer uma alocação por classe de ativos em vez de comprar  40 ações.


EX:
Se você dividir as ações
33% da carteira em ações
10 empresas brasileiras
10 norte americanas

33% da carteira em renda fixa
Tesouro direito, CDB etc

34% da carteira em FII

Vai estar mais diversificado do que 40 ações  e melhor ainda correndo menos risco do mercado acionário.


Vamos as contas , 40 ações representando 33% da carteira :

33% / 40 = 0,8240%

Agora cada ação representa apenas 0,82% de patrimônio se uma ação subir 100 % voala tu ganhou 0,82%.

Compensa tanto estudo dedicação para ganhar 0,82% no melhor dos cenários?
- Ler 40 balanços
- Dobrar custos com corretagem
- Ficar perto da média do índice.

Não seria melhor comprar um ETF e resolver logo esta questão?


O que beijamin graham pai da analise fundamentalista tem a dizer sobre este tema.

Capitulo Cinco : Tapando os Buracos.

- Notas
Neste capitulo Graham fala sobre expectativa de investidores defensivos, além das  estratégias  adotadas por esta filosofia de investimentos. OBS: Se você é um investidor " Empreendedor ou Ativo" assim como eu  ficara feliz em saber que  existe diversos capítulos no livro que tratam de estratégias para esta modalidade de investidor.


Graham disse:

Enquanto os mercados financeiros sobem e descem dia após dia, o investidor defensivo pode controlar o caos. A própria recusa a ser ativos e a renúncia a qualquer pretensa capacidade de prever o futuro podem se tornar suas armas mais poderosas. Ao colocar todas decisões de investimento no piloto automático , você derruba qualquer autoilusão de que conhece a direção futura em que estão indo as ações e neutraliza o poder do mercado de preocupá- lo, não importa o grau de bizarrice de suas oscilações.
   Conforme observado por Graham , o método do " Custo médio em dólares" determina que você deve aplicar um montante fixo em um investimento a intervalos regulares. A cada semana, mês ou trimestre, você compra mais - Qualquer que seja a tendência atual ou futura do mercado. Qualquer grande corretora ou gestora de fundo mútuo pode automática e seguramente transferir o dinheiro eletronicamente para que você nunca tenha de emitir um cheque ou sentir aquele remorso de pagar uma conta. Longe dos olhos , longe do coração.
   A forma ideal para o custo médio em dólares é a compra de cotas de uma carteira vinculada a um índice , a qual possui toda ação ou obrigação que velha a pena ser possuída. Dessa forma, você evita não apenas o jogo de adivinhação sobre qual será a direção do mercado, que ramos do mercado e quais ações ou obrigações específicas dentro deles terão o melhor desempenho.
 De acordo com a Ibbotson Associates , uma importante firma de pesquisa financeira , se você tivesse investido 12.000 no índice de 500 ações da Standard& Poor's no início de setembro de 1929 , dez anos mais trade teria apenas 7.223. No entanto, se você tivesse começado com meros 100 e simplesmente investido outros 100 a cada mês , até 1939 seu dinheiro teria subido para 15.571! Esse é o poder de compra disciplinada , mesmo em face à grande depressão e ao pior mercado de baixa de todos os tempos.
 Melhor de tudo, após ter construído uma carteira permanentemente em regime de piloto automático e baseada em fundos de índice , você será capa de responder a cada pergunta do mercado com a resposta mais poderosa que um investidor pode ter . " Não sei e não quero saber" .
 Se alguém pergunta se os títulos terão um desempenho melhor do que ações , apenas responda " Não sei e não quero saber" .. Afinal , você está automaticamente comprando os dois. As ações dos planos de saúde farão as ações de alta tecnologia parecerem doentes? " Não sei e não quero saber", você é dono permanente de ambas. Qual é a próxima microsoft? " Não sei e não quero saber", contanto que seja grande o bastante para ser possuída. As ações estrangeiras ganharão das americanas no ano que vem? " Não sei e não quero saber" ., se isso acontecer, você captura este rendimento, se não , você comprará mais a preços inferiores.
  Ao lhe permitir dizer " Não sei e não quero saber"  , uma carteira permanentemente esse regime de piloto automático o liberta do sentimento de que você precisa prever o que irá acontecer nos mercados financeiros e a ilusão de que qualquer um poder fazer isso. O reconhecimento de que sabe muito pouco sobre o futuro, aliado à aceitação dessa ignorância , é a arma mais poderosa de um investidor defensivo.




Literatura recomendada:

"The Little Book of Common Sense Investing"Jonh C. Bogle

Link para estudos

over-diversification
http://www.investopedia.com/articles/01/051601.asp

"diminishing returns".
https://en.wikipedia.org/wiki/Diminishing_returns

Skewness
http://www.investopedia.com/terms/s/skewness.asp


21 comentários:

  1. 40 ações na carteira é tenso!
    O pessoal confunde diversificação com pulverização...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor comprar ETF 15 ou 20 empresas se você faz um acompanhamento bem detalhado já da um belo trabalho, imagina 40 ações.

      Para piorar não melhora em nada o fator riscos e ainda joga desempenho da carteira para média diminuindo o retorno potencial.

      Excluir
  2. Oi amigo, te acompanho ja faz um tempo . . . parabéns pelo trabalho.

    Se importa de responder uma pergunta?
    Sou iniciante, porêm, estou correndo atrás. Lamento profundamente
    não ter tido esse interesse antes.

    Enfim, minha dúvida é a seguinte.

    Digamos que finalmente a pessoa conseguiu acumular um patrimônio(sei la, talvez 1KK) e
    quer investi-lo para viver de renda, a pessoa quer fazer "retiradas
    mensais" para pagar as contas. E agora? Como fazê-lo? Quais opções disponiveis?

    Não esquecendo que a pessoa quer simplesmente "fazer saques mensais", tal qual é
    feito na poupança no dia adequado ao saque.

    Então é isso, grato pela atenção.
    Abs
    JR




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.
      Sendo objetivo: Você já deve ter percebido que não da para tirar 100% do valor por causa do efeito inflacionário da moeda, porém existe outros fatores a se considerar.

      FII = dificuldade do mercado imobiliario
      Ações = dificuldades das empresas etc.

      Então o recomendado é que se opere como margem de segurança.

      Como funciona?

      - Primeiro você tem de saber qual padrão de vida pretende levar.
      - Depois precisa calcular quanto precisa acumular para gerar este valor.
      - Adiante você precisa jogar uma margem de segurança em cima deste valor.

      Ex: Quero um padrão de 5 mil a.m
      Trabalho com uma margem de pelo menos 2 vezes este valor.

      Gasto 5 mil, adiante reaplico 5 mil vou mantendo bolo crescendo.

      Tem gente que prefere fazer o calculo pela TSR, joga ai no google TSR.


      Ao meu ver enquanto não obter pelo menos 2 vezes a renda que você deseja para se aposentar é arriscado aplicar qualquer formula.

      O melhor desta formula que lhe apresentei é gastar metade reaplicando outra metade, provavelmente você vai estar sempre crescendo sua renda acima da inflação e ainda sobra para imprevisto nas ações&FII.


      Boa sorte em sua jornada.

      Excluir
    2. Sobre fazer saques não existe isso no dia quiser: Não existe isso nas ações e nem nos FII.

      FII = Você depende da situação do mercado imobiliario e do gestor.

      Se tiver alugado recebe, caso contrario é capaz de por dinheiro do seu bolso para manter os ativos funcionando.

      Ações; A empresa pode reter pagar ou não de acordo com dificuldade dela.

      Se estiver no prejuizo você pode ficar sem a renda! Então todo cuidado é pouco.


      O melhor para uma carteira conservadora é fazer mix:
      Para não ser pego de calça curta.

      Excluir
  3. Excelente post Mestre.
    Eu tenho 16 empresas na minha carteira e já estou achando muito. Acho que 10 ou 12 seria mais viável.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha carteira fica com no máximo 20 ativos, não vejo porque ter mais do que isso.

      Não existe tantas empresas boas na bovespa!

      Excluir
  4. Bastante material e tópicos pra ponderar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estudo nunca é demais, claro que preciso botar em prática para não virar teórico.

      Boa sorte em sua jornada

      Excluir
  5. Mestre,

    Pra variar, excelente post.

    Ainda digo mais, grandes chances de na carteira com 40 ações ele ter quase todos os bancos como BBAS,ITUB, BBDC e alguns outros do mesmo setor, com isso ele acha que está diversificando mas se o setor bancário tiver uma queda por uma canetada do governo ele vai ver o dinheiro dele derreter, sem falar nas holdings que tem grandes participações em bancos como a ITSA. De igual maneira em energia pois temos várias ações listadas na bolsa.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fenômeno conhecido como diversificação pouco efetiva.

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mestre,

      Boa reflexão ... eu concordo ... ainda mais se vc parte pra mesma classe de ativos .. por ex.. ações ... dá uma olhada no ibov em 2008.. mesmo que vc tivesse todas as ações .. qts fecharam o ano no positivo? só natu3 (pq tinha despencando 1 ano antes quando todo o mercado estava em ebulição)? É o tipo de diversificação que não serve pra um crash ..

      E se vc tivesse alocado um pouco de dolar, um pouco de ouro.. um pouco de rf ... na minha opinião.. primeiro não temos tantas boas opcoes de empresa assim na nossa bolsa .. entao nao da pra comprar .. 100 boas empresas .. nao tem tudo isso ..

      abs,

      Excluir
    2. Existe um diversos estudo sobre este tema.
      Para quem é do mercado recomendo o estudo da Fama& French conhecido como Three factory.




      Apenas uma minoria das ações é responsável pelos altos retorno em carteira.

      Um stock picking tem de se concentrar nestas ações para ser bem sucedido na estratégia que se propõem a seguir.

      Excluir
    3. Sobre a bovespa cara eu leio balanços toda semana, chego fazer contabilidade de varias empresas semestralmente.

      Tem umas 25 empresas boas na Bovespa para quem segue estratégia de stock picking.


      Excluir
    4. Recomede algumas pra eu dar uma olhada

      Excluir
    5. Conhecimento não posso recomendar pois não tenho CNPI. Não há segredo basta olhar carteira do pessoal da blogosfera que tu vai ver que as mesmas ações sempre se repetem. KKKKK

      Não existe mais que umas 25 ações decentes na bovespa e algumas outras intermediarias.

      Boa sorte em sua jornada.

      Excluir
  7. ultimamente estou com 12 empresas, 7 FIIs e um ETF (IVVB11). Juntando uns trocos no ETF até fechar 10k doletas pra enviar pra fora, ainda assim fico meio contente de não ter que acompanhar ações lá fora, tudo é a questão do aproveitamento do tempo, penso que certos esforços beiram a inutilidade pra ganhar (ou não kkk) 0,05% ... Gosto mais dos REITS do que dos FIIS, mas é mais distante e tem imposto, o que pra mim faz muita diferença.

    Acho que a medida do aumento do patrimônio, vou querer menor lucratividade, menos trabalho e maior diversificação por questão de proteção mesmo, por enquanto segue o baile da fuga da corrida dos ratos ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá indo bem. Quanto à essa questão dos impostos lá fora nos REITS e nas Stocks, não é ruim pagar, pense que mesmo com o imposto você ainda lucra um ipca+6 ou 7 no Brasil. Vou escrever sobre isso em breve.

      Excluir